Claudioantunesboucinha's Blog

ARROIO BAGÉ II

Posted in estética das cidades by claudioantunesboucinha on 27 de janeiro de 2010

Não se pode negar o valor dos trabalhos, até agora feitos sobre o Arroio Bagé, publicados na Internet. Valeria a pena estudar cada um deles. Mas é preciso mais. Faltam, por exemplo, para a comunidade, um mapa exclusivo de todos os arroios de Bagé. Ou seja, faltam fundamentos básicos para o trabalho. acompanhando o Arroio Bagé no Google, na ferramenta mapas, seja pelo satélite, seja pelo terreno, pode-se acompanhar a ocupação dos terrenos ribeirinhos, especialmente na zona urbana, embora possa ter ocupação, também, na zona rural. A ocupação da mata ciliar, da área verde do Arroio Bagé, é localizada, específica, sugerindo que pode, ainda, ser controlada. Tudo dependeria do cercamento do Arroio Bagé, como área de preservação ambiental, como parque da cidade. Cercamento significa preservação e conservação. A legislação florestal sugere medição do meio do arroio até 30 a 50 m. da margem, como terra pública e proteção ambiental, idéia inicial, mínima. Considerando-se a área verde como terra pública, o registro de imóveis é fundamental para o Poder Público e para a sociedade civil.

Anúncios

Arroio Bagé I

Posted in estética das cidades by claudioantunesboucinha on 6 de janeiro de 2010

No que se refere a estética das cidades, pensar soluções urbanas implica em contemplar toda rede de situações, muito longe de medidas pontuais, momentâneas, fruto da emoção, da politicagem, da falta de idéias. É lógico que o problema social das populações ribeirinhas tem suas raízes na pobreza, mas não só! Também na ignorãncia e na má fé! Na medida em que se tratam de terras públicas federais, estaduais e municipais, nada melhor, na visão de muitos, de privatizar o espaço público, assim como acontece nas calçadas, nas ruas, nas praças! Terra pública, terra de ninguém! Nem mesmo as terras públicas estão registradas nos cartórios como terras do Estado! Portanto, as soluções passam por um exame mais profundo da ocupação das terras públicas na zona urbana.

Tagged with: